Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FILOSOFIA

A Filosofia é uma concepção do mundo e da vida, é amor pela sabedoria, é reflexão crítica e investigativa do conhecimento e do ser. António A. B. Pinela.

FILOSOFIA

A Filosofia é uma concepção do mundo e da vida, é amor pela sabedoria, é reflexão crítica e investigativa do conhecimento e do ser. António A. B. Pinela.

NO MELHOR PANO CAI A NÓDOA

29.07.18, António Pinela

O BE tem feito uma campanha fortíssima contra a especulação imobiliária por todo o país e, particularmente, em Lisboa. Nalguns aspectos o Bloco até tem acertado nas denúncias feitas, noutros tem exagerado.

E quando é que exagera? Quando se arvora em consciência nacional. O discurso moralista de Catarina Martins, que mais parece uma “velha beata” a chamar a atenção dos netos, é inapropriado. E ela devia ter consciência disso; mas não, a sua sanha de maldizer (que é em tudo contrária à crítica elucidativa) e o seu “ar” maternal só poderiam dar no que deu: o edifício moral esboroou-se e o maldizer fez ricochete: caiu-lhe em cheio.

Como é dito na Comunicação Social, primeiro foi o caso de um deputado (BE) que, morando em Lisboa, indica uma morada, como residência oficial, a algumas centenas de quilómetros da capital; agora ocorre o caso do vereador, Ricardo Robles, da Assembleia Municipal de Lisboa, que tanto se tem batido contra a especulação imobiliária, dizendo “cobras e lagartos” dos especuladores, sendo ele próprio, como diz a Comunicação Social, um especulador, que ao que parece não foi, mas que terá tentado sê-lo.

Sempre duvidei daqueles que dizem mal de tudo e de todos. Quando assim se procede é porque se esconde alguma coisa. Nos casos acima citados, o que se esconde, na minha opinião, é a seriedade ético-política. Não é bonito dizer mal do comportamento dos outros, quando, afinal, a prática dos maledicentes é igual à daqueles que são visados.

Se me fosse permitido daria um conselho ao BE: deixem de ser arrogantes, moralistas, maldizentes, e convencidos de que trazem a “boa-nova” que um dia a todos guiará; e, sobretudo, não confundam a árvore com a floresta. Vocês são a árvore, não a floresta. E não se esqueçam que, como diz o povo, que tanto gostam de citar, que “no melhor pano cai a nódoa”.